A Casa Holandesa, de Ann Patchett, já está entre nós | PodPOP Updates

livro A CASA HOLANDESA, de Ann Patchett editora intrínseca

A Casa Holandesa, de Ann Patchett é um romance finalista do Pulitzer que emociona ao narrar o desmoronamento de uma família

Por Redação PodPOP

Dois irmãos expulsos pela madrasta da casa onde foram criados e forçados a enfrentar inúmeras perdas desenvolvem uma profunda relação de interdependência. A tocante saga desses personagens, estruturada de forma não linear ao longo de cinco décadas, fez de A Casa Holandesa, de Ann Patchett, um sucesso imediato.

Aclamado pela crítica, o livro figurou nas principais listas de mais vendidos dos Estados Unidos. Considerada leitura obrigatória pela revista Time, a obra foi lançada em maio com exclusividade para os assinantes do intrínsecos, o clube de livros da Intrínseca, e em agosto está nas livrarias.

Após a Segunda Guerra Mundial, graças à conjugação de sorte e de um investimento fortuito, Cyril Conroy entra no ramo imobiliário. Em pouco tempo seu negócio transforma-se em um império e leva sua família da pobreza para uma vida de opulência.

Uma de suas primeiras aquisições é a Casa Holandesa, uma propriedade extravagante e excêntrica no subúrbio da Filadélfia. Mas o que deveria ser uma adorável surpresa para sua esposa na verdade desencadeia o esfacelamento daquela estrutura familiar.

A CASA HOLANDESA, de Ann Patchett (3)

Quem narra essa história é o filho de Cyril, Danny, a partir do momento em que ele e a irmã mais velha — a autoconfiante e franca Maeve — são expulsos da casa onde cresceram pela madrasta.

Os irmãos se veem jogados de volta à pobreza e logo descobrem que só podem contar um com o outro. E esse vínculo inabalável, ao mesmo tempo que os salva, é o que bloqueia seu futuro.

Apesar de suas conquistas ao longo da vida, Danny e Maeve só se sentem verdadeiramente confortáveis quando estão juntos. A Casa Holandesa é uma história sobre a dificuldade de superar o passado.

Com bom humor e raiva, os dois rememoram inúmeras vezes seu relato de perda e humilhação e a relação entre o irmão indulgente e a irmã superprotetora acaba sendo colocada à prova quando os Conroy se veem forçados a confrontar quem os abandonou.

Uma saga sobre o paraíso perdido, A Casa Holandesa se debruça sobre questões de herança, amor e perdão, sobre como gostaríamos de ser vistos e quem de fato somos. E, embora seja um livro repleto de reviravoltas que farão o leitor devorar a história, seus personagens ficarão marcados por muito tempo na memória.

A Casa Holandesa é considerado pelos leitores e pela crítica especializada um dos melhores livros da extensa obra de Ann Patchett. Segundo a Publisher’s Weekly, “o esplêndido romance de Patchett explora de forma ponderada e compassiva a obsessão e o perdão, o que as pessoas adquirem, mantêm, perdem ou doam e o que deixam para trás”.

A CASA HOLANDESA, de Ann Patchett (3)

ANN PATCHETT é autora de oito romances, entre eles Bel Canto e Estado de Graça, publicados pela Intrínseca, além de três obras de não ficção. Venceu o prêmio PEN/Faulkner, o prêmio England’s Orange e o prêmio de Livro do Ano do Book Sense. A autora foi nomeada pela revista Time uma das 100 Pessoas Mais Influentes do Mundo.

Sua obra foi traduzida para mais de 30 idiomas. A escritora colabora para diversos veículos, como New York Times MagazineElleGQFinancial TimesParis Review e Vogue. Ela é coproprietária da livraria Parnassus Books, em Nashville, Tennessee, onde vive com o marido, Karl, e o cachorro do casal, Sparky.

 

A CASA HOLANDESA, de Ann Patchett
Tradução: Alessandra Esteche
Páginas: 352
Editora: Intrínseca
Impresso: R$ 54,90
E-book: R$ 37,90

 

 

Toda semana tem textos e vídeo novos.
Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

Siga a gente no INSTAGRAM!
Curta nossa página no Facebook

podcast sobre série podcast sobre série podcasts sobre filmes podcast sobre filmes podcast sobre música podcasts sobre música podcasts no spotify podpop podcast cultura poppodcasts no Deezer podcast Deezer ouvir podcasts no Deezer

VISITE NOSSA CATEGORIA SOBRE LITERATURA: