A trança, de Laetitia Colombani, já vendeu quase 1,5 milhão de exemplares e traz protagonistas em três continentes

A trança conecta a vida de três mulheres completamente diferentes e traz à tona discussões que precisam ser debatidas nos dias de hoje, na sociedade desigual em que vivemos

Por Redação PodPOP

Smita, Giulia e Sarah vivem em continentes diferentes, com culturas distintas, mas com a mesma sede de liberdade. Três trajetórias conectadas pela coragem, pela esperança e por questões muito íntimas que são reveladas ao longo da trama.

Elas se recusam a aceitar o destino que lhes está reservado e decidem lutar contra ele. Com mais de 1,4 milhão de exemplares comercializados somente na França, A trança é um fenômeno de vendas publicado em 30 países e chegará ao cinema com roteiro adaptado pela própria autora.

É o livro de estreia da francesa Laetitia Colombani na literatura.

livro A trança Editora Intrínseca

Smita é uma dalit, membro da casta mais baixa da sociedade indiana, e vive em condições miseráveis. Obrigada a trabalhar recolhendo excrementos de outras pessoas, ela sonha em ver a filha escapar da condição em que vive e ter acesso à educação formal. Com isso em mente, ela decide fugir com a pequena Lalita.

Na Itália, a siciliana Giulia decidiu seguir a carreira do pai na oficina de perucas que a família mantém há gerações. Quando o patriarca sofre um acidente e fica em coma, ela se vê obrigada a assumir o comando do negócio e logo percebe que estão à beira da ruína. A descoberta faz com que Giulia tenha que tomar decisões drásticas que podem mudar o rumo de sua vida.

Já a canadense Sarah é uma advogada renomada, a típica workaholic, e gosta de ser vista como uma supermulher. Ela sabe que está prestes a ser promovida ao cargo de chefe no escritório em que trabalha e tudo parece seguir o roteiro programado. No entanto, ao descobrir que está gravemente doente, cabe a ela definir qual será o impacto que essa notícia devastadora terá em seus planos.

Sem saber que estão conectadas, as histórias de Smita, Giulia e Sarah se entrelaçam nesta bela história sobre revolução, crença, amizade, esperança e solidariedade, contada de forma magnífica e cativante.

Uma trama que provoca reflexões sobre as diferenças sociais, a condição feminina e o papel do acesso à educação na mobilidade social. Livro em edição de luxo com capa dura, presente perfeito para os leitores mais exigentes.

Toda semana tem textos e vídeos novos.
Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

VISITE NOSSA CATEGORIA SOBRE LITERATURA: