Boca a Boca (Netflix): a série que mostra o potencial técnico e criativo do audiovisual brasileiro | PodPOP em TEXTO #90

Boca a Boca NETFLIX série original brasileira

Boca a Boca é uma série brasileira original Netflix com trama criativa e que evidencia a capacidade da indústria brasileira audiovisual e o quanto ainda podemos criar produções de alta qualidade quando temos oportunidades

Por Willians Glauber

Boca a Boca é o nome da mais nova série original da Netflix Brasil, uma produção da Gullane Entretenimento, com coprodução da Fetiche Features, ambas produtoras paulistanas. Filmada em Goiás, a produção conta com seis episódios.

O seriado é criado, escrito, produzido e alguns de seus episódios são dirigidos por Esmir Filho, que já tem quase 15 anos de carreira no audiovisual brasileiro. Ele também atua como showrunner da produção.

Além do próprio Esmir, estão na sala de roteiristas Juliana Rojas (diretora de alguns episódios), Marcelo Marchi, Jaqueline Souza e Thais Guisasola.

Na trama, em uma cidadezinha interiorana pecuarista chamada Progresso, adolescentes se veem diante de uma doença mortal e ao que tudo indica ela é transmitida pelo beijo.

Boca a Boca série original Netflix BRasil

E o foco da disseminação do vírus desconhecido foi justamente uma festa na cidade vizinha (e inimiga de Progresso) conhecida como Aldeia.

Com um elenco repleto de atores veteranos e novatos, a produção consegue prender a atenção de quem assiste durante os seis episódios da primeira temporada, criando uma trama redonda, instigante e cheia de suspense.

E por isso mesmo, vale muito a gente elencar todos os motivos para você não perder essa produção brasileiríssima da Netflix.

A ORIGINALIDADE
O timing
de contar a história de um vírus desconhecido circulando e contaminando pessoas não poderia ter sido mais perfeito!

Mas a coincidência com a realidade para por aí, já que o roteiro se utiliza de explicações bem mais, digamos, holísticas, para explicar a possível natureza da doença.

Boca a Boca NETFLIX série original brasileira

A história consegue aliar um Q de ficção científica, com uma brasilidade curandeira, que perpassa até mesmo características de nossa origem indígena, recheando o prato principal com toques de suspense e crítica social.

O cenário temático escolhido pelo criador e os roteiristas, decorado com uma colcha de retalhos repleta de reflexões sociais mais do que necessárias no Brasil, dá mais força à história contada. Tornando assim os personagens mais interessantes e o desenrolar da trama mais complexo do que parece.

O CONVITE À MARATONA
E sim, os episódios são costurados de uma maneira que te instiga a maratonar todos os episódios da primeira temporada.

O desenrolar da trama de cada um termina com desfechos que te levam rapidamente a clicar no botão que te leva para o próximo episódio.

Eu mesmo terminei a série em um único dia, porque queria muito entender para onde os roteiristas queriam me levar com o enredo principal e os subplots.

O ELENCO
Outra coisa que ajudou a manter minha atenção foi a escolha do elenco. Isso porque uma das minhas maiores reclamações quanto às produções brasileiras originais da Netflix é a péssima escolha de elenco principal.

Algo que torna, por exemplo, a primeira série original brasileira, 3%, bastante aquém do potencial que a história do seriado tem. A história ali é sensacional, bastante criativa, inovadora até, mas a baixa performance de parte do elenco acaba tirando toda a força do roteiro bem-escrito.

Boca a Boca NETFLIX série original brasileira

Mas não foi o caso com Boca a Boca. A ótima iniciativa de fazer com a que os atores novatos dividissem cena com nomes já veteranos do nosso audiovisual brasileiro teve um efeito bastante positivo nas atuações.

Logo nas primeiras cenas já temos um vislumbre do tom de performance que teremos, visto que no elenco contamos com a incrível Denise Fraga, dona de um talento comparável a nomes como Lília Cabral.

Ali, a série já manda o recado de que não veio para brincadeira e está disposta a corrigir erros de produções originais brasileiras Netflix passadas.

Boca a Boca NETFLIX série original brasileira

O ROTEIRO
E se tem algo que sem erros é o roteiro. A trama redondinha, sem nenhum buraco sequer, faz questão de fechar todos os arcos abertos para cada personagem trazido à tona e os poucos plots abertos ficam ali propositalmente, para dar gancho e fôlego a um possível segundo ano da série.

A qualidade artística
Outro aspecto da produção que não foi negligenciado de jeito algum é a direção artística do seriado. Dos figurinos ao cuidado em ambientar melhor as locações.

Dos cabelos dos personagens à maquiagem, passando pela fotografia e a trilha sonora. Tudo foi muito bem-cuidado, pesquisado e costurado ao roteiros de maneira a enriquecer ainda mais a história.

Deu muito orgulho de ver uma produção brasileira tão preocupada com a qualidade artística de uma obra.

Boca a Boca NETFLIX série original brasileira (7)

Nota-se que as equipes de produção e arte envolvidas no processo tiveram tempo hábil de pensar criativamente, elaborando soluções muitas vezes simples para compor o universo próprio que a série pede.

Destaque para a cenografia, que se atentou a construir ambientes que nos fazem verdadeiramente entrarmos nos ambientes que fazem parte das vidas dos personagens.

A TRILHA SONORA
E outro destaque merecido é a trilha sonora! Com uma curadoria que mostra a pluralidade musical brasileira, cada canção escolhida para ilustrar sonoramente várias cenas foram selecionadas a dedo, a fim de que conversasse com o momento.

A DIVERSIDADE
Mas o plural não ficou só na parte musical não. Os responsáveis pelo casting fizeram questão de colocar uma menina negra no trio de protagonistas, além de trazer outro personagem negro em papel de destaque.

E esse prezar por diversidade trouxe também diferentes formas ao elenco, dando espaço de destaque para pessoas gordas e cujo físico não se encaixa no padrão malhado e magro da sociedade, mas que pode se mostrar, por exemplo, muito sexy.

Boca a Boca série original Netflix BRasil

Como é o caso, por exemplo, do personagem de Thomás Aquino, Murilo. Quem inclusive dá voz a mais um aspecto diverso da série, afinal ele acaba tendo um caso com o protagonista Chico.

Que não só representa os homens gays, como dá vez à diversidade com a qual é possível se relacional sexualmente também, trazendo à tona o conceito de gouine.

No trio de personagens principais, nossa protagonista Fran, super fofa, é lésbica.

Boca a Boca NETFLIX série original brasileira

Assista ao trailer

Toda semana tem textos e vídeo novos.
Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

Siga a gente no INSTAGRAM!
Curta nossa página no Facebook

podcast sobre série podcast sobre série podcasts sobre filmes podcast sobre filmes podcast sobre música podcasts sobre música podcasts no spotify podpop podcast cultura pop

podcasts no Deezer podcast Deezer ouvir podcasts no Deezer

CONFIRA NOSSA CATEGORIA: ORIGINAIS NETFLIX
séries netflix