Minha Vida em Marte: 5 motivos por que o filme é um sucesso avassalador do cinema nacional – PodPOP em TEXTO #12

Minha Vida em MArte filme Paulo Gustavo Mônica Martelli Monica Martelli filme nacional comédia humor comédia brasileira filme de comédia filmes nacionais filme

Minha Vida em Marte já levou mais de 3 milhões de brasileiros para as salas de cinema brasileiras e prova que um roteiro simples, com estrelas das categorias de Paulo Gustavo e Mônica Martelli podem ser as fórmulas para um sucesso destruidor. Sorry!

Por Willians Glauber

Quando Paulo Gustavo levou Minha Mãe é Um Peça para os cinemas, os lugares preenchidos nas salas foram para a casa dos milhões.

Quando Mônica Martelli levou Os Homens são de Marte e é pra Lá que Eu Vou para as telonas, o sucesso foi grande também, um tanto menor se comparado ao filme protagonizado por Dona Ermínia.

Mas tanto o Paulo quanto a Mônica têm sua audiência cativa, carinhosa e fiel, muito fiel. E era muito óbvio que um filme em que os dois fossem protagonistas juntos seria um sucesso tão destruidor.

Mas as expectativas foram às alturas e o filme conseguiu, até agora, levar mais de 3 milhões de pessoas para os cinemas, muitas delas já viram o filme mais de uma vez no escurinho dos cinemas.

E quais as características do filme que podem explicar esse sucesso todo? Bora descobrir:

1. Paulo Gustavo e Mônica Martelli juntos, óbvio!
Minha Vida em MArte filme Paulo Gustavo Mônica Martelli Monica Martelli filme nacional comédia humor comédia brasileira filme de comédia filmes nacionais filme amizade

O ator vem angariando uma audiência massiva por meio de diferentes produções: os mais recentes A Vila e Além da Ilha; O sucesso Vai Que Cola; os filmes e espetáculos teatrais Minha Mãe é Uma Peça; as peças de teatro 220 Volts, Online…

Ele está conquistando um público de milhões de pessoas há alguns anos, o que por consequência já reserva boa parte dos assentos toda vez que um filme com o nome do ator no cartaz estreia.

A atriz vem consolidando sua carreira com a mesma maestria. Além das peças teatrais de sua autoria Os Homens São de Marte e É Pra Lá que Eu Vou e Minha Vida em Marte, Mônica revelou sua veia de apresentadora ao fazer parte do time de mulheres empoderadas do programa Saia Justa, do GNT.

Tantos anos na estrada também renderam à atriz uma legião de fãs.

2. Divulgação pesadíssima.
Minha Vida em MArte filme Paulo Gustavo Mônica Martelli Monica Martelli filme nacional comédia humor comédia brasileira filme de comédia filmes nacionais filme amizade

É sempre bom lembrar que o maior pecado do cinema brasileiro é a negligência no processo de divulgação dos filmes nacionais.

As empresas, assessorias e agências responsáveis por divulgar os filmes ainda são muito pobres na hora de planejar a divulgação das produções.

O que ajuda muito a levar as pessoas ao cinema quando se trata de comédia brasileira é não só o sucesso de seu elenco, como também o esforço dos envolvidos em divulgar o filme.

Tanto Paulo Gustavo, quanto Mônica Martelli vêm divulgando o filme em seus perfis no Instagram (9,2 milhões e 938 mil seguidores, respectivamente) desde o início das filmagens, muitos meses atrás.

Eles fizeram o papel mais essencial no processo de divulgação de um filme: gerar burburinho, curiosidade e ansiedade para a estreia, ainda que ela aconteça daqui a quase um ano, por exemplo.

3. Amizade dentro e fora das telonas.
Minha Vida em MArte filme Paulo Gustavo Mônica Martelli Monica Martelli filme nacional comédia humor comédia brasileira filme de comédia filmes nacionais filme amizade

Os dois são conhecidos por compartilharem uma amizade bastante carinhosa na vida real e até comentaram que a amizade entre Fernanda e Anibal, protagonistas do filme, são um espelho do que Paulo e Mônica são na vida real.

A química deles na tela é profunda, íntima e ajuda a dar mais força à história contada.

4. Temática universal.
Minha Vida em MArte filme Paulo Gustavo Mônica Martelli Monica Martelli filme nacional comédia humor comédia brasileira filme de comédia filmes nacionais filme amizade

E por falar em amizade, haveria um tema mais cativante e abrangente do que abordar o amor entre dois grandes amigos?

Apesar de o plot do filme abordar o divórcio de Fernanda, a intenção do longa-metragem é mostrar como uma grande amizade pode ajudar a superar os piores momentos da vida de alguém.

Não é à tona que as salas do cinema (eu mesmo fui ver o filme duas vezes) é uma muvuca de gerações e perfis: senhorinhas, muitos casais gays e héteros, crianças, solteiros, casados, jovens, adolescentes…

5. A combinação perfeita: leveza, reflexão e gargalhadas.
 

O humor físico e o texto de Minha Vida em Marte dão forma a cenas que levam a sala de cinema às gargalhadas.

A linguagem corporal, tanto do Paulo quanto da Mônica, se unem pra dar vida ao terceiro protagonista do longa.

Em diversos momentos o roteiro cria uma atmosfera de reflexão sobre a vida e o que estamos fazendo com ela, o que torna o humor ainda mais interessante, pois não é gratuito e ajuda a dar leveza ao que se reflete ali.

Se você ainda não conseguiu ir aos cinemas para ver o filme, não deixe de ter essa experiência na sala de cinema: ouvir e dar gargalhadas genuínas, de quem não está conseguindo segurar o riso que vem espontâneo.

Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

Siga a gente no INSTAGRAM!
Curta nossa página no Facebook

Estamos no Spotify! Ouça a gente por lá também. 

OUÇA NOSSOS PODCASTS:
Friends Grace and Frankie série de comédia Netflix Jane Fonda Lilly Tomlin Lily Tomlin Jennifer Aniston Jenifer Anniston série da Netflix Série de TV Seriado

Sean Hayes Megan Mullally Debra Messing, Eric Mccormack Will & Grace Will e Grace Will and Grace NBC Revival série de comédia sitcom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *