O Homem que Morreu Duas Vezes, de Richard Osman, está ainda melhor que o primeiro romance

RICHARD OSMAN O Homem que Morreu Duas Vezes editora Intrínseca

O Homem que Morreu Duas Vezes, uma das sequências literárias mais aguardadas do ano no Reino Unido chega com a promessa de repetir o sucesso estrondoso do primeiro livro

Por Redação PodPOP

Aclamado pela crítica por seu romance de estreia, Clube do Crime das Quintas-Feiras, Richard Osman acompanhou o livro ultrapassar a marca de 2 milhões de exemplares vendidos no mundo em menos de um ano, despontando como o maior fenômeno literário do Reino Unido desde Harry Potter.

Agora, depois de ser eleito autor do ano pelo British Book Awards 2021, o escritor britânico apresenta sua mais nova história policial, O homem que morreu duas vezes, que chega às livrarias em setembro, junto com a edição britânica.

A narrativa fluida, com pitadas do típico humor inglês, apresenta uma história independente do primeiro livro, porém com os mesmos quatro carismáticos  protagonistas: a ex-enfermeira Joyce, o psiquiatra Ibrahim, o líder sindical Ron e a ex-espiã Elizabeth.

livro O Homem que Morreu Duas Vezes Ruchard Osman

Nesta nova aventura, a trama tem início quando Elizabeth recebe a carta de um velho conhecido. O agente do serviço secreto sessentão, com quem ela tem uma longa história, acaba de cometer um erro terrível e precisa de ajuda. Joyce, Ibrahim e Ron são então convocados para acompanhá-la em uma investigação repleta de segredos e conspirações envolvendo diamantes roubados e a máfia. Logo os quatro amigos se deparam com mortes em circunstâncias suspeitas, e a missão se transforma em uma busca por um assassino implacável.

Considerado pela Kirkus Review  “ainda melhor que o anterior”, o segundo livro de Richard Osman mostra o grupo de detetives amadores septuagenários em meio a assaltos, arrependimentos antigos e reuniões regadas a vinho e bolo, sempre sob a tensão de encontrar o culpado antes que se tornem vítimas.

livro O Homem que Morreu Duas Vezes

A originalidade do primeiro romance, Clube do Crime das Quintas-Feiras, chamou a atenção também do mercado audiovisual: nada menos que 14 estúdios disputaram a aquisição dos direitos para a adaptação cinematográfica do livro. A empresa de Steven Spielberg, Amblin Entertainment, venceu a concorrência e vai rodar o longa-metragem. A direção ficará a cargo de Ol Parker (O Exótico Hotel Marigold e Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo) e a produção, com Jennifer Todd (Alice no País das Maravilhas). Além disso, o próprio Richard Osman assumirá o posto de produtor-executivo.

O homem que morreu duas vezes ainda não tem a sua versão para as telas garantida, mas não será uma surpresa se isso acontecer. Afinal, esta nova história também conta com as reviravoltas, os diálogos perspicazes e as tiradas divertidíssimas que consagraram o autor.

RICHARD OSMAN O Homem que Morreu Duas Vezes
RICHARD OSMAN, autor dos best-sellers O Clube de Crime das Quintas-feiras e O Homem que Morreu Duas Vezes

“Um novo talento no universo dos romances policiais.”
— Daily Mail

“Para quem gosta de mistérios com toques de espionagem, humor e excentricidade.”
— Publishers Weekly

“Um mistério inteligente e cômico. Depois de sua divertida estreia com O Clube do Crime das Quintas-Feiras, Osman nos presenteia com uma sequência ainda melhor.”
— Kirkus Reviews

“Uma obra imperdível, apaixonante e engraçada.”
— Harlan Coben

Toda semana tem novidades por aqui.
Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

VISITE NOSSA CATEGORIA SOBRE LITERATURA: