Prêmio Jabuti 2020: conheça melhor os indicados à categoria Romance de Entretenimento | PodPOP em TEXTO #122

livros categoria Romance de Entretenimento Jabuti 2020

Jabuti 2020: e não é o que Entretenimento finalmente encontrou espaço no grande prêmio de literatura brasileiro? A partir da edição #62, todos os anos a premiação contará com a categoria que eles chamaram de Romance de Entretenimento

Por Willians Glauber

Já era hora de a literatura considerada entretenimento encontrar sua voz e vez no grande prêmio da alta literatura brasileira.

Por décadas a fio os romances mais comerciais não viam a luz do panteão literário que o Prêmio Jabuti sempre representou nos seus quase 70 anos de existência.

Pois o momento chegou, ele é nosso e por isso mesmo vamos apresentar melhor a você cada um dos 10 indicados, as editoras e os romances em questão!

Senhoras e senhoras, eis aqui os primeiros indicados na categoria Romance de Entretenimento no Jabuti 2020:

Título: A deusa no labirinto | Autor(a): Karen Soarele | Editora(s): Jambô Editora

livro A Deusa no Labirinto Karen Soarele Jabuti 2020

O romance:
Em uma terra onde os fortes oprimem os fracos com a justificativa de protegê-los, elfas e humanas são mantidas escravas nos haréns dos minotauros. Assim determina a lei do império, concebida conforme a lei divina do touro em chamas.

Ninguém se opõe. Nem os senhores, satisfeitos com o poder acumulado, nem os servos, doutrinados a obedecer. Os outros reinos, temerosos das legiões táuricas, se acovardam. Os deuses, indolentes, apenas assistem à miséria dos mortais. Todos fecham os olhos para a perversidade da escravidão.

Chegou a hora de fazer algo a respeito. Em a deusa no labirinto, karen soarele (a joia da alma) aborda a mais controversa das sociedades de arton. Um farol de paz e progresso em um mundo selvagem, a civilização táurica alcançou a glória, mas a um custo terrível. Quando uma elfa decide agir contra este regime, desencadeia eventos que irão mudar para sempre o império de tauron, o reinado de arton e o próprio panteão.

A autora:
A Karen é a romancista por trás das séries de livros Tormenta e Myríade. Mestranda em Escrita Criativa pela PUC-RS, é gerente de marketing na Jambô Editora, streamer e podcaster.

A editora:
A maior editora de RPG do Brasil! Publicando desde 2002, somos a casa de Tormenta, da Dragão Brasil, dos romances de Dungeons & Dragons, dos livros-jogos e muitos outros títulos fantásticos.

Título: A filha do reich | Autor(a): Paulo Stucchi | Editora(s): Jangada

livro A Filha do Reich Paulo Stucchi Jabuti 2020

O romance:
Ao receber a notícia da morte de seu pai Olaf – um ex-soldado alemão refugiado no Brasil –, Hugo Seemann viaja à Serra Gaúcha para cuidar do funeral.

Contudo, o que parecia ser uma mera formalidade de despedida a um pai que nunca conhecera de verdade, torna-se uma jornada ao passado – aos horrores da Alemanha nazista. Durante o funeral, Hugo recebe a visita da jovem Valesca Proença, que lhe mostra uma carta enviada por Olaf à sua mãe, contendo estranhas revelações que contradizem tudo o que achavam que sabiam a respeito de seus respectivos pais.

Buscando desvendar esses antigos segredos há muito enterrados, eles partem para Colônia, onde descobrirão suas origens e o passado sombrio de Olaf.

Uma trama envolvendo amizades, traição, morte, amor e milagres que uma obscura organização surgida na época do Terceiro Reich fará de tudo para manter em segredo, na intenção de encobrir a verdadeira identidade sobre uma criança conhecida somente como… A Filha do Reich.

O autor:
Stucchi é jornalista e escritor. Autor também de Menina – Mitacuña, O triste amor de Augusto Ramonet, Natal sem Mamãe e A fonte.

A editora:
Jangada é um selo do Grupo Editorial Pensamento. Lançado em 2011, seu conteúdo tem por objetivo, alcançar novos espaços e ampliar o público leitor.

O selo é voltado para a publicação de obras nas áreas de ficção fantástica, ficção histórica, suspense e ficção comercial em geral.

Título: A telepatia são os outros | Autor(a): Ana Rüsche | Editora(s): Monomito Editorial

livro A Filha do Reich Paulo Stucchi Jabuti 2020

O romance:
“Uma casa se amarra pelo teto.”

Após a perda da mãe e sua demissão depois de quinze anos de trabalho em uma clínica de fisioterapia, Irene vê sua vida mudar significativamente aos 50 anos.

O luto e a falta que sente da rotina fazem com que se sinta estagnada, perdida diante das decisões que precisa tomar para seguir adiante, até que uma súbita viagem ao interior do Chile põe Irene em contato com conhecimentos ancestrais de uma pequena comunidade rural e em meio a uma disputa internacional: um cientista americano está tentando patentear a telepatia!

“Mente na minha mente”

Entre conexões telepáticas, empanadas e intrigas, Irene terá pela frente uma jornada onde autoconhecimento e empatia se misturam quando se pode convidar os outros a partilhar de sua própria mente, e onde o poder da tecnologia sobre os modos de conexão entre as pessoas na era da internet é posto em xeque.

A autora:
Ana é escritora de ficção científica e poesia, além de pesquisadora, ela é representada pela Agência Magh.

A editora:
A Monomito Editorial nasceu em setembro de 2017 quando realizou seu primeiro lançamento. Desde então a editora se mostrou tanto uma alternativa a escritores que desejam se lançar no mercado oferecendo obras produzidas com qualidade, quanto uma resposta a leitores ávidos por histórias impactantes.

Título: Back in the USSR | Autor(a): Fábio Fernandes | Editora(s): Patuá

O romance:
Noite de 8 de dezembro de 1980: John Lennon é baleado e morre. Mas continua vivo. Literalmente.
Aqui, os Estados Unidos não se tornaram uma potência depois da Segunda Guerra Mundial. Porque ela não aconteceu, e o país se dividiu em três. Como resultado, a Rússia, parte da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, onde os Beatles fizeram o seu melhor show nos anos 60, protagoniza a Guerra Fria com outra potência: a República de Weimar, formada por Alemanha, Áustria e Luxemburgo.

Não é só isso que causa bastante estranheza.

Há uma base secreta que estuda a vida alienígena, chamada Área 71, na Islândia. A Semana de Arte Moderna no Brasil aconteceu em 1925 e viu surgir o Manifesto Necrofágico. Lee Harvey Oswald assassinou o presidente Truman. Ringo nunca tocou bateria nos Beatles.

Cortázar escreveu O Jogo de Xadrez, Beckett escreveu Esperando Fausto e Bioy Casares escreveu A Invenção de Frankenstein. Este último não por acaso, pois o cientista Victor Frankenstein realmente existiu.
O romance que Mary Shelley publicou é na verdade a biografia do homem mais importante da história moderna.

O famoso experimento que criou o monstro de retalhos humanos e energia elétrica foi aperfeiçoado pela Ewigkeit, empresa alemã que patenteia em 1815 a Ressurreição®, ou o Método Frankenstein®. Um século mais tarde, durante a Grande Guerra, o método se populariza de vez e altera as ramificações históricas.

As pessoas podem voltar à vida. Não é à toa que Marx dedica um capítulo à empresa em seu O Capital, ou que Baudrillard e Foucault se dediquem aos desdobramentos filosóficos dessa nova ciência, ou que Hitler nunca passe de um soldado raso.

Fato é que Lennon está vivo. E envolvido num intrincado jogo de espionagem industrial nesse mundo eletrificado de Fábio Fernandes, autor que há décadas vem estabelecendo quebra-cabeças literários irreverentes e cativantes, cravejados de referências ao universo pop.

Back in the USSR, a música que abre o mítico e provocativo Álbum Branco dos Beatles, é o ponto de partida dessa surreal aventura que marca a estreia do selo Futuro Infinito.

O autor:
Fernandes é escritor e tradutor, além de professor de pós-graduação pela PUC-SP.

A editora:
A Patuá se coloca como uma alternativa no mercado editorial: com o objetivo principal de publicar bons autores e autoras que ainda não encontraram espaço nas grandes editoras, mas que também não desejam pagar pela edição da própria obra, pretendemos apresentar ao público livros com excelente qualidade gráfica e, sobretudo, literária.

Iniciamos nossas atividades editoriais em fevereiro de 2011 e, após nove anos de muito trabalho e mais de 1000 títulos publicados, nos estabelecemos como uma das principais editoras independentes do país, conquistando duas vezes o Prêmio São Paulo de Literatura, três vezes o Prêmio Jabuti, o Prêmio Açorianos, o prêmio Casa de las Américas, e deixando autores e autoras finalistas e semifinalistas do principais prêmios literários do país.

Título: Lauren | Autor(a): Irka Barrios | Editora(s): Caos & Letras

livro Lauren Irka Barrios Jabuti 2020

O romance:
O romance Lauren, de Irka Barrios, acompanha uma garota de uma cidade interiorana que enfrenta os dilemas da adolescência, a descoberta da sexualidade, o despertar do senso crítico, o bullying na escola, o moralismo religioso e, ainda de quebra, precisa lidar com fenômenos sombrios e misteriosos que a rodeiam. Isso porque Bosque Novo, onde Lauren reside, é um município repleto de lendas que envolvem assassinato, bruxaria, satanismo e remetem ao enigmático casal fundador da cidade: Inês e Pedro.

Enquanto é atormentada por forças estranhas e alucinações frequentes, a garota precisa amadurecer para se libertar das amarras não menos violentas de seu cotidiano.

A autora:
Irka é contista e novelista, mestre em Escrita Criativa (PUC-RS). Premiada no Concurso Brasil em Prosa (2015), com o conto O coelho branco, participa de diversas antologias de contos. Atua na organização do coletivo Mulherio das Letras-RS. Lauren é seu livro de estreia.

A editora:
A Caos & Letras é uma editora independente nacional voltada para edição em pequenas tiragens e com foco na literatura contemporânea. Aberta aos gêneros conto, romance e poesia.

Título: Numezu | Autor(a): Jorge Alexandre Moreira | Editora(s): Monomito Editorial

livro Numezu Jorge Alexandre Moreira Jabuti 2020

O romance:
Finalista do Prêmio ABERST na categoria Melhor Livro de Horror e eleito um dos melhores livros de terror nacionais da década, “Numezu” conta a história de Laura e Raoul, que estão em um relacionamento à beira do fim, desgastado por drogas, mentiras e traição.

O casal aposta suas últimas fichas em uma viagem: os dois, isolados em um luxuoso veleiro, em um lugar de sonho. Se não funcionar, o que funcionaria? Mas Raoul volta de um mergulho trazendo uma estranha e antiga estatueta – a imagem de um ser esquecido, aprisionado por uma terrível maldição. Pouco a pouco, sob sua influência, Raoul enlouquece e Laura terá que lutar pela própria vida.

O autor:
Moreira também é autor de Parada Rápida e Escuridão.

A editora:
A Monomito Editorial nasceu em setembro de 2017 quando realizou seu primeiro lançamento. Desde então a editora se mostrou tanto uma alternativa a escritores que desejam se lançar no mercado oferecendo obras produzidas com qualidade, quanto uma resposta a leitores ávidos por histórias impactantes.

Título: Olhos bruxos | Autor(a): Eliezer Moreira | Editora(s): Penalux

livro Olhos bruxos Eliezer Moreira Jabuti 2020

O romance:
[…] Nesse ir e vir fervente de personagens, somos orquestradamente levados a ambíguos e confusos sentimentos ora por meio do humor do romancista ora pela ação dos próprios personagens que atravessam páginas como quem transpõe portas em direção a imponderáveis desvios de rota. […] este novo romance de Eliezer Moreira […] evoca principalmente Machado de Assis e, de modo menos evidente, o também carioquíssimo Joaquim Manuel de Macedo […]

E é igualmente carioca como certos romances de Marques Rebelo, Antonio Callado ou Rubem Fonseca, situados num Rio de muitas academias e malandragens afins. […] Assim,[…] Eliezer Moreira dá velocidades de correio eletrônico a uma narrativa aberta e detetivesca. E isso sem perder a densidade e a envergadura que fazem do romancista o que ele de fato é – um demônio de imaginação, um demiurgo que erige fábula e alegoria em meio a tumultos de amor e dúvidas intestinas.

O autor:
Moreira é escritor e Olhos bruxos é seu romance de estreia.

A editora:
Uma das propostas da Penalux é a de investir na publicação de novos autores, dando-lhes a possibilidade de publicar sem custos de edição. Trabalhamos com pequenas tiragens, o que nos possibilita atender cada autor conforme sua demanda. Nossos editores, Tonho França e Wilson Gorj, possuem experiência no mercado editorial e, em seu currículo, contam com a publicação de autores de grande expressão e representatividade literárias.

Temos interesse em diversos gêneros: contos, micronarrativas, crônicas, romances, poesias e acadêmicos.

Convidamos você, autor estreante ou já publicado, a conhecer nossa política de publicação, cujo diferencial é o tratamento crítico dispensado a cada projeto. Nossa editora é movida pela paixão literária e pelo prazer de editar bons livros.

Título: Serpentário | Autor(a): Felipe Castilho | Editora(s): Intrínseca

livro Serpentário Felipe Castilho Jabuti 2020

O romance:
Com traços de H.P. Lovecraft e Robert W. Chambers, Serpentário é uma narrativa macabra, em que o humor mordaz e a ironia se insinuam como o veneno de uma serpente

Todo ano, Caroline, Mariana e Hélio costumavam deixar a capital paulista para encontrar Paulo, um jovem habituado à simples vida caiçara.

No entanto, a amizade construída nas areias do litoral sofreu abalos sísmicos no Réveillon de 1999, quando algo tão inquietante quanto o bug do milênio abriu caminho para uma misteriosa ilha que despontava no horizonte, e explorá-la talvez não tenha sido a melhor decisão.

Sobreviver à Ilha das Cobras tem um preço. O arquipélago é um ambiente hostil, tomado por víboras, e esconde segredos tão perturbadores quanto seus habitantes.

Mais do que um equívoco darwiniano ou uma lenda popular, a ilha praticamente destruiu a vida deles. Entre memórias e fatos fragmentados, o que aconteceu naquela fatídica noite se tornou um mistério. Mas de algumas coisas eles se lembram perfeitamente: uma enorme e ameaçadora serpente, além de uma pessoa sendo entregue ao ninho da víbora, um sacrifício sem chance de recusa.

Anos depois, Caroline é confrontada com um de seus piores pesadelos: a pessoa que eles abandonaram está viva. Um fantasma do passado que surge para fazer suas certezas caírem por terra.

Então, ela decide reunir os amigos para entender o que aconteceu. E talvez o encontro seja parte de algo maior… e maligno. Em Serpentário, Felipe Castilho mostra todo o seu talento ao mesclar referências do folclore e da mitologia a elementos da cultura pop, da ficção científica e do horror.

O autor:
Felipe Castilho é escritor e roteirista, autor de livros de fantasia. Famoso pela série literária O legado folclórico, que une mitologia brasileira com o mundo dos videogames. Esta é sua segunda indicação ao Jabuti, ele foi indicado também pelo quadrinho Savana de pedra. Ordem Vermelha: Filhos da Degradação é seu livro de estreia na editora Intrínseca.

A editora:
A Intrínseca tem em seu catálogo, hoje, noventa livros, sendo três deles entre os dez mais vendidos do país. Com uma apurada seleção de títulos, vários livros alcançam um expressivo número de leitores, figurando em listas de best-sellers por muitos meses, obtendo assim uma incomum unanimidade de elogios por parte do público, da crítica e do mercado.

À bem cuidada curadoria editorial alia-se o apuro na produção gráfica, o que transforma as edições em objetos de culto a serviço da boa literatura.

Título: Uma mulher no escuro | Autor(a): Raphael Montes | Editora(s): Companhia das Letraslivro Uma Mulher no Escuro Raphael Montes Jabuti 2020

O romance:
Um crime brutal cometido há vinte anos, uma única sobrevivente, o retorno calculado do assassino. Em quem Victoria deve confiar? Neste thriller psicológico, Raphael Montes une romance e suspense em uma narrativa intrincada e sedutora.

Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.

Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Obrigada a enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em uma jornada de amadurecimento e descoberta que a levará a zonas obscuras, mas também revelará as possibilidades do amor.

Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela?

Na literatura nacional, Raphael Montes é unanimidade quando se trata de livros de suspense. Uma mulher no escuro traz sua primeira protagonista feminina e confirma o autor como um dos mais originais da atualidade — além de deixar o leitor intrigado do começo ao fim.

O autor:
Montes ficou mais em voga pela nova série original brasileira da Netflix Bom dia, Verônica, adaptada do livro homônimo coescrito por ele. Já publicou os romances Bom dia, Verônica, Jantar Secreto, O Vilarejo, Dias Perfeitos e Suicidas

A editora:
A Editora Companhia das Letras foi fundada em 1986. Literatura e ciências humanas são, desde o início, as suas duas principais séries editoriais. Mas há muito mais. Entre os selos da Companhia estão Alfaguara, Boa Companhia, Clássicos Zahar, Companhia das Letrinhas, Companhia de Bolso, Companhia de Mesa, Fontanar, Objetiva, Paralela, Pequena Zahar, Portfolio Penguin, Quadrinhos na Cia., Seguinte, Suma, Zahar.

Título: Viajantes do abismo | Autor(a): Nikelen Witter | Editora(s): Avec Editora

livro Viajantes do Abismo Nikelen Witter Jabuti 2020

O romance:
Esta é a história de desertos que avançavam cobrindo cidades. A história de um mundo à beira da destruição. Da gente desse mundo, de sua alienação e da violenta guerra em que se perdeu.

Esta é a história de uma mulher que fazia curas e de sua amiga, que dirigia um bordel. E de como elas enfrentaram tudo isso. Também é a história do tigre e da menina. Mas para conhecer todas elas, você terá de aceitar o chamado para olhar o futuro. E mergulhar no abismo.

A autora:
Além de escritora, Nikelen é historiadora, pesquisadora e professora.

A editora:
A AVEC EDITORA foi criada em 2014 para trazer o melhor da literatura, principalmente da literatura fantástica, para seus leitores. Não queremos apenas editar livros, desejamos estar próximo dos leitores e dos autores. Descobrir novos talentos da literatura e também trazer o que há de melhor no mundo. Compartilhar emoções e ser uma peça do imenso quebra-cabeças da vida de todos.

Toda semana tem textos e vídeo novos.
Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

Siga a gente no INSTAGRAM!
Curta nossa página no Facebook

podcast sobre série podcast sobre série podcasts sobre filmes podcast sobre filmes podcast sobre música podcasts sobre música podcasts no spotify podpop podcast cultura poppodcasts no Deezer podcast Deezer ouvir podcasts no Deezer

VISITE NOSSA CATEGORIA SOBRE LITERATURA: