The Politician: por que Ryan Murphy e sua turma precisam se reinventar (logo)? | PodPOP em TEXTO #54

The Politician Netflix Ryan Murphy série original netflix

The Politician marca a primeira produção original da Netflix encabeçada por Ryan Murphy (cuja contratação está na casa das centenas de milhões de dólares) e seus comparças: Ian Brennan e Brad Falchuk. E se tem algo que ela prova é o fato de que os criadores estão se repetindo

Por Willian Glauber

Antes de tudo vamos à premissa de The Politician: o jovem Payton Hobart (de uma família podre de rica) tem a ambição de chegar à Casa Branca e ocupar a cadeira mais importante do mundo: a do presidente dos EUA. E para isso, ele estude os grandes líderes da história dos Estados Unidos para mimetizar seus comportamentos e conquistas, a fim de deixá-lo cada vez mais perto do posto.

Isso te lembra algo? Talvez uma tal Rachel, protagonista de Glee, que almejava ser uma grande estrela da Broadway? Pois é, dadas suas proporções e nuances de diferença, o plot é basicamente o mesmo. Além de o personagem principal de The Politician ser uma versão melhorada (ou piorada sob outro ângulo de visão) de Rachel Berry.

MAS, AFINAL, ALGO DEU CERTO?

The Politician Netflix Ryan Murphy série original netflix

Ok, a série não é de toda ruim. Mas é preocupante o fato de o melhor episódio ser o último, um  dos melhores personagem ser o que, hm, digamos, acaba sumindo logo no primeiro episódio  e as personagens mais interessantes surjam no derradeiro capítulo da história.

A construção da trama que fecha a temporada estreante e o modo como os novos personagens são inseridos na história são impecáveis.

Apesar de algumas ressalvas (a insistência no modelo Glee de produção), é um episódio que facilmente poderia servir de espelho para melhorar a segunda temporada (que com certeza ganhará sinal verde, dada a maneira como se encerrou a primeira leva de episódios).

Os momentos de clímax e explicações de determinados acontecimentos são trazidos à tona e resolvidos de maneiras criativas, que instigam o espectador a querer ver mais sobre a história.

Além disso, as interpretações de Jessica Lange,Gwyneth Paltrow, Judith Light e Bette Midler precisam ser destacadas e ovacionadas. Elas complementam os bons diálogos escritos para si com uma complexidade de personagem que visivelmente é empregada pelas atrizes.

Ah, não dá pra deixar de lado a direção artística, o figurino e a cenografia da série: são impecáveis, saltam aos olhos. A fotografia é outro item que dá muita qualidade à série também. E esse é um mpertio que precisa ser enaltecido nas produções de titia Murphy e cia.

PROTAGONISTAS E COADJUVANTES SEM MUITO APELO

The Politician Netflix Ryan Murphy série original netflix

Dito isso, vamos aos pontos que provam como Ryan Murphy e sua patota precisam começar a beber de outras fontes que não suas próprias produções pregressas. A começar pela construção dos personagens.

Acredite se quiser, mas os personagens que povoam a nova série original Netflix é um mashu up de personalidades que já vimos em outras séries deles: Scream Queens, Glee, American Horror Story, Popular.

Fica nítido o resgate de características vindas de personagens como as patricinhas nomeadas Chanel, Rachel Berry, as bitch faces já interpretadas por Emma Roberts (cujas características físicas acabam sendo, sem querer ou querendo mesmo, pela atriz Lucy Boynton).

Se já não bastasse isso, poucos são os personagens que cativam logo de primeira ou se tornam interessantes com o passar dos episódios. Talvez quem nunca tenha acompanhado de perto nenhuma produção de Murphy,  Ian Brennan e Brad Falchuk até goste de alguns personagens, mas quem já conhece a fórmula dos três vai ficar brochado.

Além disso, apesar de camadas interessantes de confrontos, angústias e anseios internos dos personagens, o contexto deles acaba ficando muito próximo da superficialidade que permeia a vida abastadíssima dos mais poderosos. Algumas motivações e problemas beiram  o fútil muitas vezes.

The Politician Netflix Ryan Murphy série original netflix

Muitos episódio fillers
Sabe aquele famoso “enche linguiça”? Bom, alguns episódios facilmente poderiam ter sido condensados em 20 minutos e dado espaço para histórias que se desenrolassem de maneira mais interessante ou talvez utilizados para dar mais humanidade e contextualização a personagens que talvez precisem (muito).

Poderiam ter usado um tempo, por exemplo, para construir melhor e contextualizar a personagem Giorgina, mãe de Payton, que mostra ter um histórico muitíssimo interessante para se conhecer.

DE-SA-PE-GA
Falando em encheção de linguiça, diversos momentos dos episódios poderiam facilmente ter sido substitutídos por falas impactantes, diálogos mais profundos. Mas, claro, que o trio parada dura teve que enfiar números musicais no meio dos episódios. Não uma, não duas, mas três vezes.

Fica muito claro que os três ainda são apegados ao modelo que tornou Glee um sucesso mundial e teimam em replicar a performance “videoclipística” dos famosos covers da série musical que angariou fãs fiéis ao longo de anos no ar. Mas já foi, chega, para, acabou! Aceitem que dói menos, Murphy, Brennan e Falchuk.

The Politician Netflix Ryan Murphy série original netflix

TEMPORADA LENTA, MAS QUE LEVA PRA ALGUM LUGAR
Além de dar uma vontade danada de pular essas performances musicais, você vai ficar com o desejo latente de em diversos momentos pular partes da trama. Ela se arrasta não por falta de dinamismo, mas por falta de acontecimentos realmente interessantes para cativar a atenção do público.

E em outros momentos, demora-se demais para gerar clímax e quando ele é entregue… Não tem força.

A única coisa que realmente salva a série e deixa com um gostinho de quero mais é o último episódio. Ali fica plantada uma semente que talvez consiga fazer crescer um jardim mais florido do que o plantado nessa primeira leva de oito episódios.

Espera-se que os personagens sejam cada vez mais aprofundados, suas motivações ganhem pontos que façam os espectadores e sentirem mais empáticos com o que se vê ao longo dos episódios.

The Politician Netflix Ryan Murphy série original netflix

Toda semana tem textos, podcast e vídeo novos.
Mande um e-mail pra gente:
contato@podpop.com.br

Siga a gente no INSTAGRAM!
Curta nossa página no Facebook

podcast sobre série podcast sobre série podcasts sobre filmes podcast sobre filmes podcast sobre música podcasts sobre música podcasts no spotify podpop podcast cultura poppodcasts no Deezer podcast Deezer ouvir podcasts no Deezer

CONFIRA NOSSA CATEGORIA SOBRE AS SÉRIES DA NETFLIX:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *